Clicky

ECONOMIA • 09/03/2017 - 18:26 • Atualizado em: 09/03/2017 - 18:25

Carnaval injeta R$ 1,2 bilhão na economia de Pernambuco

por Jorge Cosme
Foto: Paulo Uchôa/LeiaJáImagens/Arquivo

O Carnaval de Pernambuco injetou R$ 1.238 bilhão na economia do estado em 2017, revelou pesquisa da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer. Tal valor representa um aumento de 2,7% em relação ao ano passado.

O gasto médio individual foi de R$ 177,50 e a permanência média das pessoas em Pernambuco ficou em 8,5 dias. A pesquisa também mostrou que o Carnaval foi aprovado por 95,2% dos entrevistados, que avaliaram os eventos, os equipamentos, os serviços e ainfraestrutura turística. 

Queda - Já o fluxo de visitantes, que engloba o número de turistas e excursionistas - visitantes que não pernoitam nem residem no entorno do local visitado - sofreu uma queda de 1,1%, passando de 1,6 milhão para 1582 milhão de visitantes.

Dos turistas, cerca de 40% vieram do Nordeste, principalmente Ceará (8,5%) e Bahia (8%). Individualmente, São Paulo ainda é o principal emissor de visitantes (27%) seguido do Rio de Janeiro (10,7%) e Distrito Federal (4,1%). Entre os estrangeiros, em primeiro ficou a Argentina (40,3%) e depois Uruguai (10,4%), Alemanha (5,97%) e França (5,9%).

Segundo a Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer, a ocupação hoteleira em Pernambuco ficou em torno de 94%. Em 2016, o índice havia atingido 91,6%. Na Região Metropolitana do Recife (RMR), os hotéis tiveram 96% dos seus quartos ocupados, o que significa um acréscimo de 3,82% em relação ao mesmo período em 2016.


Comentários